jusbrasil.com.br
22 de Janeiro de 2019
    Adicione tópicos

    TCE-RS suspende licitação de transporte coletivo em Uruguaiana

    O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) emitiu medida cautelar suspendendo licitação de transporte coletivo urbano de passageiros em Uruguaiana devido a irregularidades verificadas na Concorrência Pública nº 008/2012 da Prefeitura da cidade.

    De acordo com o despacho do relator da matéria, conselheiro Pedro Figueiredo, o edital estabelece índice de liquidez-geral sem a existência de estudo capaz de justificar sua adoção, o que pode dar causa a restrição indevida do caráter competitivo do certame. Além disso, o documento exige a integralização de capital mínimo até a data de apresentação da proposta - o que não encontra amparo legal - e atribui pontuação maior aos competidores que iniciarem o serviço em prazos inferiores, privilegiando as empresas que estão operando o sistema atualmente.

    O prefeito tem prazo de 15 dias para prestar esclarecimentos ao Tribunal.

    Letícia Giacomelli - Assessoria de Comunicação Social

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)